terça-feira, 23 de agosto de 2011

Viagens e sabores...



Vi hoje este vídeo e achei-o mesmo muito giro! Deliciei-me ao vê-lo e lembrei-me de partilhá-lo aqui com vocês!
Para mim, apaixonada pela cozinha, ver lindas refeições, de vários países, com paisagens lindas e imaginar os sabores...os aromas... os ingredientes...o simples facto de ver a mim fascina-me imenso!

Não sei se convosco é ou foi assim, mas eu desde criança que "inconscientemente" os meus programas preferidos eram os de culinária...adorava ver os cozinheiros (as) a preparar mil e uma iguarias... quase preferia ver a Filipa Vacondeus e o Manuel Luís Goucha a ver os desenhos animados da época.. enfim, ainda hoje se está a dar um programa de culinária...stop!... acabou-se o zapping! :) Com vocês também foi assim? Desde quando surgiu o vosso gosto pela culinária?
O meu gosto vem desde cedo, mas aprofundou-se desde que tive necessidade de cozinhar para mim todos os dias... comecei a viver sozinha aos 22 anos de idade e desde aí tudo o que preparo é com entrega e muito carinho...nem sequer consigo entender como existem pessoas que fazem comida sem gosto e por "frete"...claro que há dias que estamos cansadas e sem inspiração ou vontade...mas para mim até uma simples sandes e um copo de leite eu faço com muito gosto! :)

Desculpem o enoooorme post...vamos ao vídeo :))

Vejam e imaginem...ah e deliciem-se! :)




 

5 comentários:

Catarina - ReceitaseSaboresdoMundo disse...

Sofia,
Obrigada por partilhares este vídeo... Estou a aproveitar esta ultima semana de ferias e a ver as novidades que vão nos cantinhos amigos : ) Quanta coisa boa que vai por aqui ; )

Beijinhos

Tixa disse...

Boa pergunta. O meu veio tarde, isto é nunca andei debaixo das saias da mãe nem nunca aprendi bases com familiares ou amigos. Até que um dias, depois de viver uns anos sozinha comecei a namorar. Foi então que senti necessidade de variar na comida, aprender as bases (aos 24 anos!) e tentar fazer alguns pratos de base. Hoje em dia (com 26 anos) é com gosto que chego a casa depois de um dia de trabalho e me meto nos tachos. É uma alegria mais que uma necessidade e sobretudo uma grande terapia que alivia o stress. Beijinhos

Carla disse...

Olá Sofia, antes de mais tenho de te agradecer o tempo que perdestes comigo para me animares e me ajudares. Foi muito bom, senti-me tão acarinhada e com esperança... Este mundo está do avesso e saber que há pessoas com bom coração é animador para mim e mesmo que virtual perdeste o teu precioso tempo comigo. Adorei este post, assim vou-te conhecendo melhor. No que me toca a mim, adoro estes programas, e até já engordei nestas férias por causa deles. Pois quando não consigo dormir, lá vou eu para o sofá e de tanto ver culinária e tão boa fico com fome e lá vou para a cozinha às tantas da noite. Imagino que viver sozinha nao seja fácil e aos 22 anos ainda mais. bjs e continua, pois o teu blogue está a ficar recheado de receitas maravilhosas, incluindo a açordinha que eu adoro!!! carla sousa

Rachel disse...

Já tinha visto o vídeo no FB, abre logo o apetite e a vontade de nos por-mos mundo fora. Viste os outros 2?

Eu sempre me interessei pela cozinha, através da minha mãe e da minha avó materna. Também comecei cedo, ainda me lembro que as minhas 1.ªs batatas fritas comi-as cruas :-))

Os meus pais divorciaram-se e a minha mãe tinha 2 empregos para suportar as despesas, eu tive mesmo que me desenvencilhar sozinha. Depois também fiquei a morar sozinha e não era por isso que eu não comia, era cada pitéu :-)

Beijocas

Sofia.Lopez disse...

Olá Catarina,
Que bom ver-te por aqui! Obrigada pela visita amiga, espero que aproveites bem as férias...as minhas também estão quase! :)
Beijinho

Tixa,
Obrigada por partilhares um pouco da tua historia. O facto de morar sozinha é motivo mais que suficiente para se aprender a cozinhar, seja em que idade for, está-se sempre a tempo! Entendo bem o que é e sei que é preciso força e coragem para se dar esse passo :) Concordo inteiramente contigo... é uma terapia, liberta o stress e sinto-me feliz e principalmente em paz... :)
Beijinho!

Carla,
Obrigada amiga! Conta sempre comigo! Uma coisa muito importante que estou a aprender com o meu blog é que, mesmo virtualmente, existem boas e verdadeiras amizades... ;)
O facto de viver sozinha, e já lá vão quase 10 anos (por opção própria) ajuda a crescer...a custo... mas ajuda a saber viver :) ... Fez-me também descobrir esta paixão pela cozinha! :)
Beijinho grande

Rachel,
Não vi os outros dois, mas vou já procurar e ver... eu concordo contigo, dá mesmo vontade de comer e viajar!! :)
É muito bom aprendermos com quem amamos, os pratos ganham outro sabor e valor! As 1ªs experiências são inesquecíveis...a minha foi um ovo estrelado inundado em óleo... :)) Ah e só sabia fazer arroz frito com costoletas... quando convidava uma amiga a comer lá em casa ela já sabia i que ia ser o jantar ....hehehe

A necessidade obriga, e a vida toma rumos que, mesmo não esperados, faz com que tenhamos de lutar e vencer...e tu venceste :) O facto de se viver sozinha não significa comer mal...eu tenho pessoas amigas que me dizem...nem sei como tens "paciência" para fazer isso "tão elaborado" só para ti...lol porquê, eu não mereço? ;)
Beijinho!