terça-feira, 26 de junho de 2012

Arroz Amor




Chamei-lhe assim porque me encantou. Bem leve e perfumado, colorido e delicioso...acho que todos estes adjectivos fazem lembrar esse sentimento tão nobre, tão lindo e tão único. Muito mais se seguiriam na lista para o continuar a descrever...algo tão essencial nas nossas vidas, algo que nasce connosco desde o primeiro instante em que respiramos...e é bom quando olhamos para trás e ver que permaneceu sempre, cresceu e nos fez sermos pessoas melhores.

Quando os dias são mais quentes gosto de ter arroz feito para poder aproveitá-lo em saladinhas e comidas leves, acho que combina muito bem e completa ainda mais a refeição. Poderão acompanhar com carne ou peixe, como quiserem...para mim foi simplesmente o meu almoço...

Ingredientes:
Serve 1...

1 courgette sem casca em palitos
1/2 cebola roxa
1 tira larga de pimento vermelho em palitos
6 cogumelos frescos em pedaços pequenos
Arroz de alho (aproveitamento)
2 colheres de chá de vinagre de Framboesa
2 colheres de sopa de coentros frescos picados
Azeite
Sal e Pimenta

Preparação:

Lave e prepare os legumes. Corte-os em palitos pequenos, do mesmo tamanho para que cozinhem por igual.
Numa frigideira anti-aderente, coloque o azeite a aquecer e depois junte todos os legumes de uma vez.
Deixe saltear durante 15 minutos em lume brando, mexendo de vez em quando.
Tempere com uma pitada de sal e pimenta, a gosto, e envolva bem.
Refresque os legumes com o vinagre de framboesa e deixe cozinhar por mais 2 minutos.
Apague o lume e junte os coentros picados.
Junte o arroz à temperatura ambiente e envolva tudo muito bem.

Se não tiver arroz feito, pode preparar antes dos legumes, aquecendo 2 copos de água com um fio de azeite e 2 dentes de alho laminados. 
Quando ferver, junte 1 copo de arroz e mexa até perder a goma. Baixe o lume e deixe cozer durante 12 a 15 minutos, aproximadamente.
Escorra bem o arroz e passe por água fria, para que possa arrefecer mais rapidamente.








Embeiçados
Clã




Ela tem boca torta
Nariz grande
Cabelo mal cortado
Rói as unhas
Usa cunhas
Mas eu estou apaixonado


Ele tem as suas sardas
Pontos negros
Uma boca exagerada
Desafina e desatina
Mas eu estou apaixonada


Ela é ciumenta, rabugenta
Embirrenta e tagarela
intriguista e moralista
Mas eu estou louco por ela


Ele faz cenas gagas, altas fitas
Não tem confiança em mim
faz-se caro, faz-me trombas
Mas eu gosto dele assim


Diz-se que o amor é cego
Deforma tudo a seu jeito
Mas eu acho que o amor descobre
O lado melhor do que parece defeito
(5X)


Porque eu gosto, gosto dele
E ela gosta, gosta de gostar de mim


Fonte

29 comentários:

Autora do Blog disse...

Sofia,

O arroz ficou fantástico.
O texto e a descrição do amor são maravilhosos.
Gostei muito.

Bjkas

http://asvezescozinheira.blogspot.pt

Luisa Alexandra disse...

Ficou um arroz mesmo colorido e apetitoso!

A Paixão da Isa disse...

esse teu arrroz amor esta mesmo um amor de arroz mt a meu gosto adorei pois aqui no verao faço mt pois é mt bom o teu esta super bjs tudo de bom

Carla disse...

Sofia,
Está lindo! e pelos ingredientes já sabemos que ficou delicioso.
Beijinhos

Lu disse...

adoro arroz.
e esse prato super colorido dá mais apetite ainda.adorei
Beijos
boracozinhar-lu.blogspot.com

Artes da Mel disse...

Adorei o arroz, parece delicioso!
Mel

O Cantinho da Sophia disse...

Adorei o aspecto deste arroz. Que lindo e deve ser muito saboroso!
Muitos beijinhos

Natércia disse...

Sofia minha querida!
O teu arroz retrata realmente o amor gostei muito mesmo...um beijinho:))

luci disse...

Que delícia de arroz colorido,adorei o texto beijos

Sonia disse...

Sofia querida, seu arroz está colorido, delicado e reconfortante como o amor. O nome caiu-lhe muito bem. E assim como o amor, deve estar com sabor perfeito.
Gostei da música, bem singela.
Um beijo e um ótimo dia.

Ginja disse...

Querida Sofia,
que lindo arroz! Adorei a cor, adorei as fotos lindas. Cheias de amor.
Gostei principalmente do nome do teu prato, do teu texto, das tuas palavras e do poema da música :))
O arrozinho então tem a tua cara amiga! Cogumelos, courgette e coentros, sabores que eu ja´te identifico e que sei que adoras. E colorido, anima qualquer dia e qualquer refeição :)
Um beijinho.

Guloso e Saudável disse...

Oi Sofia,
O amor, o quanto já se disse e o que ficou por dizer.... podia ter se dito muito mais e menos palavras ásperas, ai o amor.
Delicia de arroz, condizente com o tema.
Beijo,
Vânia

Joana disse...

Ficou mesmo amoroso este arroz :)
Gostei muito!
Um beijinho

Narwen Ninniach disse...

Este arroz ficou um encanto...adorei o pormenor do pimento.

beijinhos

Andréa disse...

Minha doce e querida amiga,
o amor verdadeiro enxerga com o fundo da alma e não ver a beleza de fora e sim de dentro.
Adorei seu post, sua receita, tudo perfeito como o amor!
O pimentão tem o formato de coração hoje que percebi, rsrs.

Um grande beijo de ♥
Andréa

Cristina disse...

Olá Sofia! O teu arroz amor está simplesmente...amoroso! :) Claro que essa fase do leve, perfumado, colorido e delicioso é nos dias bons, que o amor tb tem as suas "birras" ehehehe Realmente tens razão, o arroz faz aqui, e de forma bem leve, a ligação entre os vegetais, completando a refeição!

PS - Essa música dos Clã é uma ternura autêntica!

M. disse...

Que arroz "mai" lindo, bela Sofia!!! O texto de acompanhamento, perfeito!
Beijinhos,
Madalena

Josy disse...

Que lindo ficou seu arrozinho Sofia querida, colorido, perfumado, marcante e delicado ao mesmo tempo. O aspecto ficou delicioso e esse vinagre de framboesa atiçou minha curiosidade, não conheço, imagino-o bem suave. Belissima refeição amiga. Beijinhos

são33 disse...

FICOU LINDO ASSIM COLORIDO, ACHO QUE IA ADORAR ESTA MESMO AO MEU GOSTO.
BJS

Diogo Marques disse...

"leve e perfumado, colorido e delicioso" :) Que bela descrição de amor :) Adorei o arroz!

Mónica Silva disse...

Querida Sofia e palavras para quê? Já disseste tudo :)
Gostei muito!

Beijinho

frango do campo disse...

ai o amor, o amor :) leve, perfumado e muito colorido com o teu arroz :)

Margarida disse...

Sofia, que delicia de arroz... tao leve e solto, tao... deliciosamente romantico.. muito bom!!! Adorei!!

Beijocas

Helena Silva disse...

Olá Sofia boa tarde.
Adorei o teu arroz,que de uma simplicidade enorme,tem todos os ingredientes para degustar ,principalmente com esta calo.adorei .beijinho

Lenita disse...

Um arroz introduzido por um texto destes tem que ser mesmo fantástico! Lindo ele está e a combinação de ingredientes diz que está "beunissimo" !
BJs

Lylia disse...

QUe linda definição de amor, Sofia!
Como vc diz "o amor descobre
O lado melhor do que parece defeito
".
Bj,
Lylia

Susana Antunes disse...

Querida Sofia...
A vida com amor tem outro sabor...
Sem dúvida o amor é o condimento essencial para que todas as nossas experiências tenham um final feliz...
Adorei a sugestão de hoje...
Tem tudo para ser perfeito...
Simples e verdadeiro... tal como o amor...
Obrigado pela partilha e por teres homenageado tão bonito sentimento...
Beijinhos e boa semana....

Alice disse...

Lindo:)
O título, o texto, as fotos, o arroz! Uma bela e tão genuína homenagem ao amor, com uma música perfeita a acompanhar:))
Amiga, o arrozinho ficou maravilhoso, colorido e cheio de sabores deliciosos, uma saladinha perfeita para um dia de praia, sol, mar...! Adoro as cores da foto, bem quentes e alegres e adoro as cores do teu arroz, um arroz cheio de amor:)
Nunca experimentei vinagre de framboesa, fiquei curiosa! Já vem comigo nas próximas compras!:D
Um grande beijinho querida amiga:))

Salsa Verde disse...

Um amor mesmo!! Não só pelo aspecto e cores que, por si só são um espectáculo, mas pelo sabor que, imagino, deva ser uma delícia!
Lia.