segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Gratinado de Caril de Legumes com Brie...uma viagem ao mundo dos sabores...


Aceitem esta sugestão como um convite a uma viagem inesquecível ao mundo dos sabores...um bilhete de ida a destinos tão ricos gastronomicamente e que nos levam a cada garfada, sem pedir licença, a uma viagem a Itália...França e ao Oriente...quem não gostaria de se sentar à mesa e, sem sair do lugar, poder viajar mundo fora...? Ainda para mais com a situação económica em que estamos, melhor ainda...

Uma entrada...um prato principal...escolham...........e voltem desta viagem deliciados...

Ingredientes:
para 1 tabuleiro pequeno...serve 2

1 Endívia
5 Cogumelos frescos
1 Courgette pequena, com a casca
1 Alho francês, sem a rama
3 ou 4 fatias finas de pão rústico
Queijo Brie q.b.
3 colheres de sopa de sementes de sésamo
4 colheres de café de caril
1 colher de café de cominhos moídos
1 colher de chá de molho de soja
4 colheres de sopa de azeite
Pimenta preta q.b.
Queijo mozzarella q.b.

Preparação:

Lave e prepare os legumes. Corte a endívia, o alho francês e os cogumelos em finas tiras, a courgette em 4  e depois em tiras.
Num wok ou frigideira coloque o azeite a aquecer e junte a courgette. Tempere com o caril e vá mexendo. Deixe cozinhar uns 4 minutos.
Junte a endívia e o alho francês. Misture bem e depois murchar (ao fim de 5 minutos) pode juntar os cogumelos.
Tempere com os cominhos moídos, o molho de soja, uma pitada de pimenta preta fresca a gosto e se achar necessário um pouco de sal (eu não usei). Deixe apurar bem os sabores e se achar necessário retifique os temperos a seu gosto.
Reserve.

Numa frigideira anti-aderente toste as sementes de sésamo, em lume médio, deixe tostar até ficarem douradas. Agite a frigideira de vez em quando para que não queimem.

Coloque num tabuleiro refractário as fatias de pão rústico.
Por cima disponha as fatias (bem finas) de Brie, a seu gosto.
Polvilhe-as com sementes de sésamo (reserve algumas)


Por cima coloque os legumes...




Polvilhe com queijo mozzarella a gosto e as restantes sementes de sésamo...



Sirva-se...



E viaje...



Bom apetite!!

Ah, já agora....aviso que o bilhete de volta não está incluído...por isso voltem, mas só se quiserem....








Boa semana!! :)

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Quiche de Frango





Não resisto a um belo frango de churrasco...bem tostadinho, um nadinha picante e suculento...hmmmmm!!

Quando a refeição é frango assado como por dois (até eu fico surpreendida comigo mesma!!)...
...e quando sobra, esboço logo um grande sorriso e começo logo a magicar o que irei fazer...

Desta vez pensei numa quiche...
Tão simples e práctica que até se faz com uma perna às costas e enquanto se bebe um copo de água...Fiquei foi aqui com uma pontada na zona lombar, mas isto passa....


Ficou mesmo muito saborosa, para mim uma das melhores que já comi...!
Deixo-vos aqui a sugestão para um aproveitamento de sobras de frango, ou não...poderão fazer mesmo sem ter sobras, basta dar uma pré-cozedura ao frango e depois seguir com a receita...

Ingredientes:

1 Base de massa folhada (usei quebrada, não tinha massa folhada em casa)
Frango q.b. (aproveitamento de sobras de frango de churrasco)
1 cebola pequena
1 courgette pequena (sem a casca)
200 gr. de cogumelos laminados
1 pacote de natas light
100 ml leite (ou a gosto)
100 gr de queijo mozzarella ralado
2 colheres de sopa de farinha Maisena (ou normal)
1 colher de chá de molho inglês
Pimenta preta q.b.
Sal q.b.
1 pitada de noz-moscada
Azeite q.b.

Preparação:

Comece por desfiar o frango em pequenos pedaços. Reserve.
Desenrole a base da massa e coloque na forma. Pique o fundo com um garfo e reserve.
Pré-aqueça o forno a 180º.

Num wok ou frigideira anti-aderente, coloque 2 colheres de sopa de azeite a aquecer.
Junte a courgette cortada em pequenos pedaços e deixe refogar um pouco.
Junte a cebola em finas fatias, cortados em quartos.
Deixe fritar durante uns 7 minutos em lume brando.
Quando vir que a cebola ficou translúcida, junte os cogumelos previamente lavados e muito bem escorridos.
Salteie bem, deixe-os ficar dourados. Junte então o frango desfiado.
Tempere com uma pitada de sal, noz-moscada, um pouco de pimenta preta fresca e o molho inglês.
Mexa e deixe apurar os sabores.
Retire do lume e reserve.

Numa taça junte o leite morno com a farinha e mexa bem, de modo a não ficar com grumos. Junte as natas, tempere com uma pitada de noz-moscada e pimenta preta fresca. Misture tudo muito bem.
Junte o queijo mozzarella ralado e volte a mexer bem.


Coloque o refogado na massa.



Por cima regue tudo com o preparado das natas e do leite.

Leve ao forno durante 40 minutos, aproximadamente.
Nos últimos 15 minutos ligue o grill para ficar bem tostada.



Podem comer assim simples...




Ou com uma bela salada de alface, cenoura ralada e azeitonas (estas são caseiras, das oliveiras do meu quintal...tão boas!!) temperada a gosto com azeite e vinagre e um pouco de oregãos...



É DELICIOSA...para repetir, sem dúvida!
Espero que gostem!




Bom apetite!
e
Tenham uma boa 5ª feira...
...sejam felizes! :)

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Bifanas Panadas

Bom Dia!!

Hoje trago uma sugestão que me valeu num daqueles dias sem grande tempo, mas com vontade de comer hehe...como todos sabem, tempo é algo que escasseia na vida da maioria das pessoas, incluindo a minha, por isso tento sempre rentabilizá-lo da melhor forma possível...cozinhar no dia-a-dia não tem obrigatoriamente de nos "tirar horas", podemos preparar um prato em 15 minutos e depois...aí sim, demorar um pouco mais a degustar...a saborear... o prazer de uma deliciosa refeição...

...Partilho com vocês uma maneira diferente de comer umas bifanas panadas! :)

Espero que gostem...





Ingredientes:

Bifanas
Pão ralado Alho&Salsa - marca Espiga (pode usar pão ralado simples)
Pasta de alho (com sal)
Maionese
Mostarda Dijón com vinagre (ou outra)
Azeite q.b.

Preparação:

Barre cada bifana, de ambos os lados, com um pouco de pasta de alho. Por cima uma camada de maionese e outra de mostarda. Reserve uns minutos.
Coloque num prato o pão ralado. Passe as bifanas pelo pão.
Numa frigideira anti-aderente coloque o azeite a aquecer e de seguida frite as bifanas em lume médio. (Frite bem de um lado e depois vire-as. Evite virar mais que uma vez para não se desfazer o panado.)

Para acompanhar cozi macarrão e depois salteei-o...

Fiz assim:

Cozi a massa em água e sal. Depois de escorrida salteei numa frigideira com um fio de azeite, 1 dente de alho picado, um pouco de pão ralado Alho&Salsa (já que estava com ele à mão...), um pouco de orégãos e uma colher de chá de vinagre de cidra.
Ficou deliciosa...





Bom apetite!



terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Polvos apaixonados em Santorini

video

Bom dia!!

Hoje não trago uma sugestão culinária...em vez disso sugiro-vos este vídeo para vos animar o dia e fazer-vos sorrir...

...para isso basta juntar uma pitada de acção e misturar bem com um pouco de aventura...acrescentar uma boa dose da verdadeira essência do amor...mantenha tudo num tabuleiro com um fundo cheio de paisagens de uma linda cidade: Santorini, Grécia...tudo resulta numa curta-metragem de animação fantástica e muito divertida!


Espero que gostem  :)



Tenham uma boa 3ª feira!!





Link do vídeo

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Sopa de Couve Lombarda e um Milka Crispy Snax


Bom dia!

Hoje sugiro uma sopa muito saborosa, nutritiva e reconfortante...há inúmeras maneiras de fazer uma sopa, no que se refere à variedade dos ingredientes, esta é apenas mais uma...

Quando compro esta couve gosto de a colocar na sopa...esta é a maneira que mais gosto, cortada em juliana...uma forma diferente e mais rápida de confeccionar, principalmente porque depois de um dia de trabalho, o tempo para cozinhar é bem escasso, chego a casa já quase à hora de jantar,  então tento optar por sopas rápidas e simples. 

Espero que gostem :)

Ingredientes:

5 batatas médias
1 cenoura grande
1 courgette média/grande com a casca
1 cebola grande
4 dentes de alho
8 folhas de couve lombarda 
100 gr de feijão branco (usei enlatado)
Água 
Azeite q.b.
Sal q.b.
(Ajustar os ingredientes à quantidade de sopa pretendida)

Preparação:

Coloque água a aquecer numa panela (de tamanho médio).
Prepare os legumes, lave-os e descasque-os (a courgette coloco com a casca e retiro as sementes maiores). Corte-os em cubos pequenos e quando a água ferver junte-os e deixe cozer durante uns 30m. Tempere a sopa com sal grosso q.b. e um bom fio de azeite (3 colheres de sopa).
Lave as folhas da couve, retire um pouco do caule mais grosso (na parte exterior da folha) e dê um corte ao meio no sentido longitudinal. Junte todas as folhas e corte-as em juliana fina (tiras finas). Reserve.

Passe os legumes com uma varinha mágica e volte a pôr ao lume. Quando ferver junte a couve lombarda. Deixe cozer uns 15 minutos e um pouco antes de apagar, junte o feijão. 


Bom apetite!



Couve é a única espécie entre o repolho, que contêm manitol álcool (um substituto do açúcar para diabéticos). Portanto, a couve lombarda é útil para pessoas que sofrem de diabetes. Além disso, couve lombarda tem propriedades diuréticas e previne a hipertensão. 

Couve tem um tecido macio e é ideal para a dieta alimentar. É útil para todos - crianças, adultos e idosos.

Texto retirado daqui




Benefícios da couve para a nossa saúde:

Anticancerígena
Antiulcerosa
Antidiabética
Úlceras Gastroduodenal
Inflamações de estômago
Laxante
Prisão de ventre

Informação retirada daqui









Quero também agradecer à Raquel pela doce e deliciosa encomenda que me enviou!!
São fantásticos, uma verdadeira delícia crocante....e desapareceram num piscar de olhos...experimentem!

Obrigada Raquel, um beijinho!






Tenham uma boa semana! 

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

Tostas de Alho e Oregãos e Pasta de Delícias do Mar


São deliciosas...ideais para umas entradas ou para petiscar...num jantar de comida italiana, ou não...com amigos ou a 2...são rápidas e muito simples de preparar.

Ingredientes:

Fatias de pão de forma, de preferência sem a côdea (a gosto)
Azeite q.b.
Oregãos q.b.
4 ou 5 dentes de alho
1 pitada de pimenta preta moída
1 pitada de caril

Preparação:

Coloque numa frigideira o azeite e o alho laminado. Deixe aquecer e tempere com os oregãos, a pimenta moída fresca e o caril. Deixe ferver um pouco, sem deixar queimar o alho.
Reserve pelo menos uns 15m, para aromatizar bem o azeite.

Se o pão tiver côdea, retire-a com uma faca, de modo a ficar uma fatia quadrada.
Com a ajuda de um rolo, estique bem cada fatia até ficar o mais fina possível.
Repita até terminarem as fatias, depois coloque-as sobrepostas e corte-as ao meio, para que formem 2 triângulos.

Pincele cada triângulo com o azeite e vá colocando num tabuleiro refractário.

Leve ao forno a 180º, pré aquecido, com o grill.
Deixe dourar e depois vire, para que fiquem bem uniformes.

Num tabuleiro à parte pode também tostar um pouco de chourição no forno.
Coloque as fatias, na quantidade desejada, cortadas em meias luas e polvilhadas com um pouco de oregãos.




Ficam umas tostas muito estaladiças, com um delicioso sabor a alho e oregãos...e o chourição combina lindamente!


A  pasta de delícias do mar  fica muito boa, nada enjoativa e é de comer e pedir mais e mais...



Ingredientes: 

10 tiras de delícias do mar
Maionese q.b.
Gotas de sumo de limão
1 pitada de pimenta preta
1 dente de alho ralado
1 folha de mangericão

Preparação:


Corte as delícias do mar em pequenos pedaços e misture com a maionese.
Tempere com uma pitada de pimenta moída fresca, gotas de sumo de limão, o alho ralado e a folha de mangericão picada. Deixe apurar bem os sabores antes de servir.

Bom apetite!

Bom fim de semana!

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Arroz de Legumes e Feijão Manteiga



Se somos tão amigos - eu e os legumes -  tinha de haver uma versão com arroz, ou não fosse este cereal tão querido para mim!

Fiz este belo arroz para acompanhar uma carne assada no forno...mas pode ser o parceiro de uma refeição a vosso gosto, ou até simples ele sabe mesmo bem!

Muito rico em vitaminas e minerais, fica um arroz bem saboroso... e para os mais pequenos, dá saúde e faz crescer!! ;))

Que engraçado...fez-me lembrar as coisas que nos diziam em crianças e que nós levávamos mesmo a sério...eram outros tempos, em que o respeito por alguém mais velho reinava e o que era dito por esse alguém era, para nós crianças, uma verdade tão grande que nem nos atrevíamos a questionar...come as cenourinhas para teres uns olhos bonitos...a verdade é que a cenoura ajuda na visão, muito rica em vitamina A, mas não é isso que faz uns olhos bonitos...todos os olhos são lindos, mostram sempre o que vai dentro de nós...
...na geração que se seguiu esta frase já não pegou tão bem... não sei se começaram a nascer mais espertos ou se menos ingénuos...mas a verdade é que a inocência de uma criança é algo maravilhoso.

Ingredientes:

2 copos de arroz agulha
1 alho francês (sem a rama)
1 cebola
2 dentes de alho
1 courgette (sem a casca)
1 cenoura
80 gr de feijão manteiga em lata (ou outro)
Azeite q.b.
1 cubo knorr de galinha (opcional)

Preparação:

Refogue em azeite quente o alho francês, a cebola, os alhos e a courgette cortados em pequenos pedaços.
Quando ficar translúcido junte a cenoura cortada em pedaços. Deixe refogar uns minutos, mexendo  com frequência.
Coloque 4 copos de água, previamente aquecida.
Quando ferver junte o arroz, mexa um pouco e tempere de sal e com o cubo knorr (se gostar).
Antes da água evaporar, junte o feijão (previamente lavado) e envolva.
Estará pronto quando toda a água já tiver evaporado.

Dica: Depois de colocar o arroz mantenha sempre em lume mínimo no bico mais pequeno do fogão.





Bom apetite!!


Tenham um bom dia :)

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Flan de Iogurte


Bom dia!

E esta foi a sobremesa que finalizou a refeição que partilhei ontem...um pudim flan de iogurte.

Como já devem ter reparado, não tenho grande à vontade com sobremesas...tenho de me inventurar mais...e assim ganhar mais práctica no assunto...delicio-me com as maravilhosas sobremesas que vejo nos vossos blogs, imagino-me a fazê-las...mas...
...vou aprendendo devagarinho alguns truques...e esta serviu mesmo para isso...

Tirei esta receita da revista "Ementa da Semana", uma das que a Sarinha me ofereceu. Quando a vi sabia que ia gostar deste pudim, pela simplicidade e pela delícia que se adivinhava com estes ingredientes...

Acrescentei a cobertura de caramelo, não fosse eu tão gulosa por ele...mas aqui houve a preciosa ajuda da minha mãe, que faz um caramelo fantástico!
Já tentei, mas nunca sai tão bem...

Segui a receita à risca...apesar de fazer tudo certinho, o interior podia ter ficado mais consistente...

...mas porquê? pensei eu.................até que me lembrei de ir ver a embalagem das folhas de gelatinas...deixa cá ver, deixa cá ver.......e aí encontrei o porquê! acho eu

...na receita dizia para ..."derreter em banho-maria e misturar as folhas de gelatina já derretidas ao preparado"...no pacote das gelatinas dizia que ..."no caso de comidas frias, devemos derreter as folhas, e de seguida adiccionar o preparado frio à gelatina. Nunca ao contrário."


Ora este NUNCA ao contrário foi a resposta que eu procurava...he he
Já vos aconteceu a mesma coisa?

Conclusão:

Felizmente... saiu bem, podia ser melhor na consistência, mas o sabor estava fantástico! Todos gostaram! :)

Infelizmente... só li a recomendação do pacote da gelatina no fim de tudo...

Lição..."o material tem sempre razão" já ouvi dizer tantas vezes... e há coisas que não há volta a dar...aprendi que para a próxima tenho mesmo de ler tudo até ao fim... mesmo o que não vem na receita...

Ingredientes:

8 folhas de gelatina
1 lata de leite condensado (usei light)
3 dl de leite
4 iogurtes naturais (usei natural açucarado)
Óleo para untar (usei o caramelo)

Preparação:

Demolhe as folhas de gelatina em água fria.
Numa tigela, junte o leite condensado com o leite e os iogurtes e mexa bem.
Derreta as folhas de gelatina em banho-maria, junte-as ao preparado anterior junte o preparado anterior à gelatina derretida e envolva bem.
Unte uma forma com óleo Unte uma forma com caramelo. Verta o preparado para a forma.
Leve ao frigorífico durante 6 horas até solidificar (deixei de um dia para o outro).
Retire e desenforme cuidadosamente, se possível um pouco antes, e leve novamente ao frio até ao momento de servir.

Para o caramelo:
3 colheres de sopa de açúcar
1 colher de sopa rasa de água
(Ajuste as medidas a seu gosto)

Colocar o açúcar na própria forma com a água. Levar ao lume até começar a caramelizar.
Quando vir que está em caramelo, com a ajuda de um pano ou luva de cozinha, pegue na forma e rode-a de maneira a barrar bem em toda a volta.



No final todos rimos, pois estas minhas desventuras são motivo de brincadeira e galhofa...principalmente por mim...momentos bem passados em família, cheios de doçuras e carinho...
Um pudim a repetir, sem dúvida!


Bom apetite!




segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Pernas de frango assadas com Arroz Basmati e Legumes



Bom dia!

Esta foi a refeição escolhida para o almoço domingueiro em família, o tão conhecido frango assado no forno com sopa de cebola e cerveja. Neste caso foram pernas de frango.
Sei que quando era criança a minha parte favorita eram os peitos do frango, depois passaram a ser as pernas...mas miudezas não gosto mesmo...acreditem, eu já tentei... mas não consigo gostar... só como as moelas...

É uma refeição deliciosa, uma das minhas preferidas, que nos dá mais tempo para outras coisas em simultâneo, e que sai sempre bem!

Acompanhei com legumes assados no forno e arroz basmati. Este arroz foi novidade para todos, nunca tinha feito nem provado. Gostámos muito. É um arroz com um bago mais fino e bastante saboroso. Para repetir, sem dúvida.

Ingredientes:
Serve 4...

8 pernas inteiras de frango
1 pacote de sopa de cebola (usei Knorr)
1 cerveja branca média

Para os legumes:

1 cebola
1 courgette (com a casca)
1 alho francês (sem a rama)
1 cenoura
3 batatas médias
2 dentes de alho
Azeite q.b.
1 colher de sopa de vinagre de cidra
1 pitada de sal e pimenta 5 bagas
2 colheres de sopa de sementes de sésamo

Para o arroz:

2 colheres de sopa de azeite
2 copos de arroz
4 copos de água
Sal q.b.

Preparação:

Limpe as pernas do frango retirando-lhes as gorduras visíveis. Coloque-as num tabuleiro e polvilhe-as com a sopa de cebola. Regue tudo com a cerveja.

Lave os legumes e corte-os em pedaços pequenos. Esmague os alhos. Coloque tudo num tabuleiro. Tempere com um bom fio de azeite, o vinagre, uma pitada de sal grosso e um pouco de pimenta 5 bagas moída. Polvilhe com as sementes de sésamo.

Leve os 2 tabuleiros ao forno pré-aquecido a 180º. O frango na parte superior, sem o grill ligado.
Ao fim de 30 minutos vire as pernas do frango e regue-as com um pouco do molho.
Mexa os legumes e se achar necessário, coloque mais azeite e pimenta.

Vá vigiando e quando achar que os legumes estão prontos, retire-os e reserve, tapando-os com uma folha de alumínio, para que não arrefeçam.
Volte a virar o frango e ligue o grill 15m antes de desligar o forno.
(Tempo total:1 hora aproximadamente)


Neste tempo, coloque a água a aquecer.
Num tacho coloque o azeite. Quando estiver quente, junte o arroz.
Deixe fritar até o bago ficar branco, mexendo sempre.
Junte, aos poucos, a água quente e mexa até ferver.
Tempere com sal e deixe cozer em lume baixo, durante uns 10 minutos (até a água desaparecer).









Bom apetite!


Amanhã adoço-vos com a sobremesa...



sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Bolo de Iogurte, Cacau e Canela



Bom dia!

Espero que tenham aproveitado bem este feriado, esta pausa tão saborosa a meio da semana...e amanhã já é sábado!... Eu a pensar que hoje era domingo...estes dias trocam-me sempre as voltas...tenho semanas em que já é 5ªfeira e eu penso que ainda seja 3ª....então com estes feriados a situação piora bastante... ihih...enfim...

Este bolo foi feito para o lanche de ontem...como sempre, lembrei-me de o fazer já quase na hora de o comer, então teve de sair um bolo simples e práctico, que não demorasse muito a cozer...acreditem, ficou delicioso, a canela com o cacau fizeram a gentileza de o tornar simplesmente irresistível...e tão fofinho que parecia que estava nas nuvens...
...olhando melhor para ele.....................sim...podemos dizer que é uma espécie de bolo mármore...

Nada mais simples para nos adoçar a boca enquanto se bebe um chá ou um café, bem relaxados no conforto da nossa lanzeira, num feriado ou num dia qualquer...

Espero que gostem...

Ingredientes:

1 iogurte natural açucarado
2 copos de açúcar
2 copos de farinha com fermento
1 copo de farinha maisena
4 ovos
1 colher de sopa (bem cheia) de canela
4 colheres de sopa (rasas) de cacau (usei Néstlé Gold)
1 colher de café de fermento em pó

Nota: As medidas referem-se ao copo do iogurte

Preparação:

Num recipiente coloque as gemas juntamente com o iogurte e o açúcar. Mexa muito bem com uma colher de pau até ficar um creme esbranquiçado. Junte as farinhas aos poucos, mexendo sempre. Acrescente o óleo e mexa até ficar uma mistura homogénea.
Junte a canela e  fermento em pó. Misture tudo muito bem.
Bata as claras em castelo firme e reserve.
Bata a massa com a batedeira, pelo menos 5 minutos.
Separe-a em 2 doses iguais. Numa delas junte o cacau e mexa muito bem.
Divida as claras em castelo e envolva muito bem em cada uma das massas, delicadamente, com um movimento suave, de cima para baixo.
Use um tabuleiro pequeno (35x25) para ir ao forno. Unte com um pouquinho de óleo, que pode espalhar com a ajuda de um guardanapo de papel, e polvilhe com um pouco de farinha.
Coloque primeiro a massa clara e por cima a massa com cacau.
Leve ao forno, pré-aquecido, a 180º durante 25-30 minutos.
(Ao fim deste tempo verifique e faça o teste do palito).






Bom apetite!


Propriedades do cacau:

Os elevados mecanismos antioxidantes do chocolate e os efeitos benéficos na prevenção de determinadas patologias, como o cancro, cataratas oculares, Doença de Alzheimer e o próprio processo de envelhecimento natural humano. Estas propriedades positivas do chocolate – devido à elevada percentagem de cacau – foram reconhecidas num estudo recente, do Chemistry Central Journal, que classificou o chocolate como um “super fruto”.
(...)
Neste estudo, o objectivo foi comparar o cacau em pó e os seus derivados com sumos de frutos, frequentemente considerados “super frutas”, nomeadamente o açaí, as amoras e a romã. As variáveis analisadas dizem respeito à capacidade antioxidante e conteúdo em polifenóis e flavonóides totais. Entre os vários frutos testados, o cacau em pó e o chocolate negro foram as fontes com maior poder antioxidante, teor de polifenóis e flavonoides, uma vez que são feitos a partir de um extracto de sementes do fruto do cacaueiro. Desta forma, de acordo com os critérios utilizados neste estudo,  um “quadrado” de chocolate negro com 80% de cacau, dispõe de benefícios nutricionais e funcionais mais elevados que os das frutas.
(...)
O chocolate e os derivados do cacau são alimentos nutritivos e com excelentes benefícios pois contém um antioxidante natural, os polifenóis, que ajudam a manter a saúde das artérias e do coração, contribuindo para prevenir uma série de doenças, como as cardiovasculares. Também contém um aminoácido chamado triptofano que aumenta a produção de serotonina, conhecida contribuição para a sensação de prazer, resultando na melhoria do bem-estar.
Se o chocolate for de leite, adiciona-se aos seus benefícios a existência de cálcio. Depois, existem outros minerais com uma presença notável no chocolate. Destaco o magnésio, o potássio e o fósforo. Quanto às vitaminas, é rico em vitamina B1 (tiamina) e ácido fólico, micronutrientes indispensáveis na regulação do metabolismo.
Texto retirado daqui




Bom fim de semana!